Prêmio Jabuti 2014 – Resultado Final

0
3

O resultado da 56º edição do Prêmio Jabuti foi anunciado no dia 16 de
outubro. Entre os ganhadores, os destaques foram para: Reprodução, de
Bernardo Carvalho, que venceu na categoria Romance. Amálgama, de Rubem
Fonseca, foi o ganhador em Contos e Crônicas. Em Poesia, o vencedor foi
Bernini – Poemas 2008-2010, de Horácio Costa; e Getúlio – Do
Governo Provisório à Ditadura do Estado Novo (1930-1945)
, de Lira Neto,
venceu como melhor Biografia. 

No mesmo dia da divulgação do
resultado, o Conselho Curador divulgou que os resultados de algumas
categorias seriam revistos.  É que alguns jurados deixaram de dar notas a
alguns finalistas, contrariando o regulamento que obriga os jurados a
darem uma nota na segunda fase da premiação a todas as obras finalistas. 

A
nova apuração das categorias Capa; Artes e fotografia; Economia,
administração e negócios; Teoria e crítica literária e Literatura infantil
foi feita no dia 23 de outubro. 

Confiram os ganhadores

  • Capa: A São Paulo de German Lorca = The São Paulo of German Lorca
    Capista: Edson Lemos 
  • Ilustração: BRASIL – Imagens sob a Ótica da Artista Meire de Oliveira
    Ilustrador(a): Meire de Oliveira . 
  • Ilustração
    de Livro Infantil ou Juvenil: Bárbaro – Ilustrador(a): Renato Moriconi. 
  • Arquitetura
    e Urbanismo: As Minas de Ouro e a formação das Capitanias do Sul – Autor:
    Nestor Goulart Reis Filho. 
  • Artes
    e Fotografia: Cenografia brasileira: notas de um cenógrafo (Sesc – SP) –  Autor: José Carlos Serroni . 
  • Biografia: Getúlio – Do governo provisório à ditadura do Estado Novo (1930-1945)
    Autor: Lira Neto. 
  • Ciências
    Exatas, Tecnologia e Informática: Estrutura atômica, ligações e
    estereoquímica
    – Autor: Henrique Eisi Toma. 
  • Ciências
    Humanas: O Mapa que Inventou o Brasil – Autor: Júnia Ferreira
    Furtado. 
  • Ciências
    Naturais: Livro Vermelho da Flora do Brasil – Autor: Gustavo Martinelli e
    Miguel Avila Moraes (orgs.). 
  • Ciências
    da Saúde: Tratado de Oncologia – Autor: Paulo Marcelo Gehm Hoff. 
  • Comunicação: Mídia e política na América Latina – Globalização, democracia e
    identidade
    ; [editora Civilização Brasileira] – Autor: Carolina Matos. 
  • Contos
    e Crônicas: Amálgama – Autor: Rubem Fonseca. 
  • Didático
    e Paradidático: Alfabeto escalafobético – Autor: Claudio Fragata. 
  • Direito: Como decidem as cortes?: Para uma crítica do direito (brasileiro)
    Autor: José Rodrigo Rodriguez. 
  • Economia,
    Administração e Negócios: Os limites do possível – A economia além da
    conjuntura
    – Autor: André Lara Resende. 
  • Educação: Tenho um aluno surdo, e agora? Introdução à Libras e educação de surdos
    – Autor: Cristina B F Lacerda e Lara F Santos (Org). 
  • Gastronomia: Expedição Brasil Gastronômico – Autor: Guta Chaves; Dolores Freixa. 
  • Infantil: Breve história de um pequeno amor – Autor: Marina Colasanti.  
  • Juvenil: Fragosas Brenhas do Mataréu – Autor: Ricardo Azevedo. 
  • Poesia: Bernini – poemas 2008-2010 – Autor: Horácio Costa.
  • Psicologia
    e Psicanálise: O Avesso do Imaginário – Autor: Tania Rivera. 
  • Reportagem: 1889 – Autor: Laurentino Gomes. 
  • Romance: Reprodução – Autor: Bernardo Carvalho.
  • Teoria/Crítica
    Literária: Fervor das vanguardas – Autor: Jorge Schwartz.
  • Projeto
    Gráfico: DECAMERON: Giovanni Boccaccio – Responsável pelo projeto
    gráfico: Elaine Ramos; Tereza Bettinardi. 
  • Tradução: A anatomia da melancolia – Tradutor(a): Guilherme Gontijo Flores. 
  • Tradução
    de Obra Literária Inglês-Português: Vênus e Adônis – Tradutor(a): Alípio
    Correia de Franca Neto.

A história do Prêmio Jabuti começa por volta de 1958, em um período
repleto de desafios para o mercado editorial, com recursos escassos e baixa
articulação do segmento. Apesar das adversidades, não faltava entusiasmo aos
dirigentes da Câmara Brasileira do Livro naquela época. As discussões foram
comandadas pelo então presidente da entidade, Edgar Cavalheiro e pelo
secretário Mário da Silva Brito, interessados em premiar autores, editores, ilustradores, gráficos e livreiros que
mais se destacassem a cada ano.


A
primeira premiação ocorreu na gestão do presidente Diaulas Riedel. No
final do ano de 1959, em solenidade simples e despretensiosa, realizada no
auditório da antiga sede da CBL na avenida Ipiranga, foi feita a entrega do
primeiro Prêmio Jabuti. Foram laureados autores como Jorge Amado, na categoria
Romance, pela obra “Gabriela, Cravo e Canela”. A Saraiva ganhou o prêmio de
Editor do Ano.

 

Diretor geral e fundador da agência Market 21 no Brasil. Mestre em Administração pela FGV-SP, além de graduado em Engenharia Eletrônica, com pós-graduação em Administração de Marketing e em Gestão Estratégica de RH. Atuou na Cisco, Avaya, AES Eletronet, Nortel, Bay Networks e Wellfleet, além de empresas do grupo Algar. Também foi professor na Unip.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMulticanalidade revoluciona cobrança
Próximo artigoComo humanizar?