Quem quer ficar para trás?

0
4

Olá,

Um tema atual e
muito polêmico em nossa área de atuação sãos as empresas preocupadas com os
investimentos e mudanças operacionais necessárias para atender bem. Já os
consumidores, do outro lado, estão naquela de ver para crer.

A verdade é que o
setor ficou observando o movimento de queda da qualidade do atendimento e de
aumento no volume das reclamações e pouco ou nada fez para mudar isso nos
últimos anos. Só agiu, com a criação do bom PROBARE (Programa Brasileiro de
Auto-Regulamentação dos Serviços de Relacionamento com Clientes) e o famoso
decreto, além do Código de Defesa do Consumidor, obviamente. Uma forte mudança
se iniciou. Mas, ainda há muito o que fazer.

Estamos todos
desafiados a quebrar paradigmas e mudar tudo aquilo que possa ter construído
uma imagem negativa do setor para a sociedade brasileira. É hora de renovar!

Que possamos
sensibilizar o governo, os empresários, os líderes e os profissionais que não
trabalham diretamente nos contact centers de que essa missão depende de cada
indivíduo.

A corrida por um
novo padrão de atendimento começou! Quem irá ficar para trás?

Vladimir