Será que aceito?

0
3



Quando estamos desempregados, muitas vezes nos sentimos obrigados a aceitar todas as propostas que nos oferecem. Sabemos das dificuldades em nos recolocar no mercado de trabalho e quando o tempo vai passando e continuamos sem uma colocação profissional, podemos chegar ao desespero.


É aí que mora o perigo!


Quando estamos disponíveis no mercado de trabalho, devemos ter claro qual é nosso objetivo. Respostas à algumas perguntas devem estar claras como por exemplo: Qual é a minha pretensão salarial? Qual é a minha disponibilidade de horário?


Quando somos chamados para uma entrevista, devemos questionar, por exemplo, qual é o salário oferecido pela empresa, pois muitas vezes, pelo medo de perdermos a proposta, aceitamos a oportunidade que não atende nossas necessidades, fazendo com o que a desmotivação seja inevitável.


Por isso, quando participamos de uma entrevista, alguns questionamentos devem ser feitos.


E na hora da contratação, todas as dúvidas devem ser tiradas, pois nada mais desagradável do que ter surpresas depois de iniciar suas atividades. Por isso, atente-se. Se você estuda, tome cuidado com a sua disponibilidade de horário. Se a empresa necessitar de horas extras constantes, você poderá atender?


Lembre-se que nem sempre recusar uma proposta faz de você um profissional menos importante no mercado. O segredo do sucesso é estar satisfeito para que a empresa fique satisfeita com você!