Pesquisa do Méliuz revela que compras online serão predominantes no Dia das Mães

O Dia das Mães é uma data comemorativa que sempre movimenta bastante o comércio brasileiro, seja online ou em lojas físicas. Entretanto, a maioria dos consumidores pretendem comprar online este ano, é o que revela ua pesquisa do Méliuz, empresa de soluções digitais. Assim como no último ano, os dados revelam que a pandemia é a grande causa para a preferência dos consumidores por compras online.

A pesquisa do Méliuz sobre o comportamento do consumidor no Dia das Mães ouviu 1600 pessoas de diferentes lugares do Brasil, entre os dias 23 e 26 de abril de 2021. Confira mais dados abaixo:

87,3% responderam que pretendem presentear alguém no Dia das Mães e 12,7% não pretendem presentear.

36,4% disseram que o atual contexto da pandemia impactou muito a decisão de compra, 26,8% responderam que impactou um pouco e para 11,9% a pandemia não impactou a decisão de compra.

Acessórios e calçados (23,5%) e Perfumes e Cosméticos (23,5%) disputam a preferência do que os entrevistados pretendem comprar na data. Uma boa parcela dos entrevistados (23,1%) ainda não decidiu o que pretendem comprar, e roupas (17,4%), eletrodomésticos (16,9%) e celulares (14,9%) também foram citados dentre as intenções de compra.

Compras online com entrega em casa deve ser a escolha da maioria dos entrevistados (51,3%) e apenas 16,5% pretendem comprar em lojas físicas. 19,9% considera comprar tanto online, quanto em lojas físicas, e 11,8% responderam que vão comprar online, mas vão retirar a compra na loja física. Entretanto, 73% dos entrevistados disseram que comprariam de outra forma, se não fosse a situação causada pela pandemia.

Os gastos com o presente para o Dia das Mães deverá ser de R$ 101 a R$ 300 para 30,9% dos respondentes, já 26,6% pretendem gastar até R$ 100, 14,2% não tem um valor estipulado, 10% irão despender de R$ 501 a R$ 1000, 9,2% pretendem gastar mais de R$ 1.000 e outros 9% das pessoas vão comprar presentes entre R$ 301 e R$ 500.

O meio de pagamento preferido dos pesquisados é o cartão de crédito com parcelamento – escolha de 57% dos entrevistados. Já o cartão de crédito à vista será a escolha de 29,2% dos respondentes, seguida por 11,2% que prefere boleto bancário e outros 11,2% que preferem dinheiro. Cartões de débito é a preferência de 10,9% dos respondentes e 6,7% preferem o Pix.

Sobre os fatores decisivos na hora de decidir a compra, o menor preço é a preferência de 32% dos que responderam a pesquisa, seguido por 20,1% que preferem facilidade de pagamento, frete grátis é o fator decisivo para 15,7% dos respondentes, Reputação da loja/marca é a preferência de 13,9%, Cashback de 9% dos respondentes, Cupom de Desconto de 6,9% e a indicação de amigos é o fator decisivo de 2,4% dos que responderam a pesquisa.

Em relação à antecedência de compra, 33,9% dos respondentes compram o presente algumas semanas antes, 31,9% compram na semana do Dia das Mães, 20,8% não tenho um período certo para comprar, 6,9% compram até 1 mês antes do Dia das Mães e 6,5% compram na véspera ou no dia.

Além dos dados acima, o levantamento “Seasonal Insights – Dia das Mães – Brasil”, encomendado pelo Facebook IQ e realizado pela Offerwise em 2021, revela que 67% dos consumidores vão buscar lojas que oferecem cashback na compra.