Mais uma proposta de apoio a Reforma Tributária

0
2

Sugestão de leitura do bahiaassociados.com.br
A Receita Federal está debruçada em alternativas que, junto com a reforma tributária, possam trazer uma chamada simplificação para as empresas , quanto aos procedimentos relacionados a apuração  de impostos, mas isso, sem  que tenhamos a queda da arrecadação.
 
Agora, uma das propostas divulgada, e que trouxe apreensão ao mercado, refere-se a forma de apurar o lucro fiscal para tributar o resultado das empresas. Em 2008 tivemos  uma consolidação desse formato, que leva em conta  o resultado contábil da empresa, sendo que essa adaptação tratou de aproximar esse resultado as normas do IFRS – International Financial Reporting Standards, ou seja, normas internacionais de informações financeiras , que localmente fizeram, ou buscaram, reflexão aos pronunciamentos do CPC – Comitê de Pronunciamentos Contábeis.
 
A proposta da Receita Federal é ter uma nova base de lucro fiscal, que considere a receita e deduções fiscais, em menor número que as atuais. Uma das alegações para a proposta é a busca da simplificação, a facilidade no entendimento e na interpretação e a redução de litígios entre os contribuintes e o Fisco.
 
Vamos aguardar, com atenção,  o que vem por aí pois é difícil acreditar em simplificação, com a quantidade de tributos que as empresas tem que conviver, sua maratona de escrituração e recolhimento, dinâmica dos mercados fornecedor e consumidor, e o mais importante a perspectiva de não redução de carga tributária.