Novo estudo da Salesforce mostra como empresas e consumidores se adaptaram à pandemia

66% das empresas de alta performance estão investindo mais para substituir as experiências físicas nas lojas

A pandemia de COVID-19 transformou o comércio no mundo todo quase que da noite para o dia e acelerou massivamente a transição para canais digitais que já estava acontecendo anteriormente. E existe uma grande diferença de atitudes e investimentos feitos por negócios que performaram bem e os que não foram tão bem ao longo de 2020. Além disso, com os consumidores cada vez mais fazendo compras online, comércios precisam se adaptar aos novos tempos.

De acordo com a primeira edição da pesquisa State of Commerce da Salesforce, que entrevistou 1.400 líderes de comércios da América do Norte, América Latina, Ásia-Pacífico, Japão e Europa e analisou o comportamento de consumo de mais de 1 bilhão de consumidores ao redor do mundo, 66% das empresas de alta performance estão investindo mais para substituir as experiências físicas nas lojas por virtuais, enquanto apenas 24% das empresas de baixo rendimento estão fazendo o mesmo.

Enquanto isso, a modalidade de e-commerce se torna cada vez mais presente na vida dos consumidores, com as compras digitais subindo 200% entre março de 2019 e março de 2020. Já a receita dessa modalidade registrou aumento de 75% no segundo trimestre de 2020 em comparação com o mesmo período no ano anterior e 55% no terceiro trimestre ante o intervalo de tempo respectivo.

Além destes dados, a pesquisa State of Commerce traz ainda as mudanças de comportamento e expectativas dos mercados B2B e B2C, como o comércio digital alterou o papel das vendas, os efeitos da pandemia no comportamento do consumidor, como o comércio B2B está evoluindo, uso de métodos de pagamento contactless, aumento das vendas digitais diretamente para consumidores e muito mais.

Você encontra a pesquisa completa em https://www.salesforce.com/form/commerce/state-of-commerce/.