Busca das empresas por crédito cresce 2,1%

0
2



A quantidade de empresas que procurou crédito em abril de 2012 cresceu 2,1% em relação ao mesmo mês do ano passado, segundo o Indicador Serasa Experian da Demanda das Empresas por Crédito. Na comparação com março, houve queda de 8,1% na demanda das empresas por crédito. No acumulado do ano, a alta da demanda das empresas por crédito passou de 0,8% no trimestre findo em março/12 para 1,1% nos quatro meses encerrados em abril, sinal de que a demanda das empresas por crédito está em trajetória de recuperação, diferentemente do que vem ocorrendo com a busca por crédito por parte dos consumidores.

 

Todos os setores econômicos cresceram as suas demandas por crédito, na comparação interanual, em abril. O destaque ficou por conta do setor de serviços, que apresentou alta de 4,7% frente ao quarto mês de 2011. Logo em seguida, as empresas industriais avançaram em 1,8% a sua demanda por crédito e, por último, as empresas comerciais a expandiram em 0,2% na comparação com abril do ano passado. No acumulado do ano, as empresas de serviços tiveram elevação de 3,3% frente ao período de janeiro a abril de 2011. Depois, aparecem as indústrias (2,8%) e, então, as empresas comerciais, que recuaram 0,9% frente ao primeiro quadrimestre de 2011.

 

Regionalmente, o Sul teve alta de 5,8%, seguida pelo avanço de 4,9% das empresas da região Norte, na comparação entre os meses de abril. No acumulado do ano, o Centro-Oeste teve recuo na demanda de suas empresas por crédito, enquanto o Sul e o Nordeste tiveram altas de 2,9% e de 2%, respectivamente.

 

As médias e grandes empresas se destacaram na demanda por crédito neste início de ano. Em abril, as altas respectivas foram de 11,3% e 15% quando comparadas com o mesmo mês do ano passado. Já nas micro e pequenas empresas, a busca por crédito cresceu pouco (1,5%). No quadrimestre, as grandes companhias expandiram a sua demanda por crédito em 15,8% e as médias em 10,3%, enquanto nas micro e pequenas empresas, o crescimento foi de 1,1%.