Busca por crédito registra alta de 8%

0
14



A quantidade de pessoas que procurou crédito no mês de julho foi 8% superior ao mês anterior, de acordo com o Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, houve crescimento de 2%. No acumulado de janeiro a julho, a demanda do consumidor por crédito foi 6% inferior ao mesmo período do ano passado. Segundo os economistas da Serasa Experian, as reduções das taxas de juros, os incentivos fiscais de reduções do IPI e o início do processo de gradual normalização dos níveis de inadimplência começam a impactar favoravelmente a retomada da busca do consumidor por crédito.

 

A demanda reagiu mais intensamente nas camadas da população de mais baixa renda. Os percentuais foram maiores nas três primeiras camadas: os consumidores que ganham até R$ 500 mensais expandiram a sua demanda por crédito em 7,9% no mês de julho/12. Já os de renda entre R$ 500 e R$ 1.000 a expandiram em 8%, e os de renda entre R$ 1.000 e R$ 2.000 mensais em 8,2%.

 

No mês de julho, as maiores altas ocorreram nas regiões Sul, Centro-Oeste e Nordeste, com variações de 8,8%, 8,7% e 8,6% respectivamente, frente ao mês anterior. Na Sudeste a alta foi um pouco menor, 7,7% na comparação mensal e, por fim, na Norte o crescimento foi de apenas 3,8%. Apesar deste menor crescimento mensal, a região Norte é a que apresenta taxa de expansão no acumulado do ano. Todas as demais estão com taxas negativas.