Busca por financiamento cai 9,8%

0
15

A disposição do paulistano em buscar financiamento teve queda de 9,8% em abril, segundo a Pesquisa de Risco e Intenção de Endividamento, PRIE, realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo, FecomercioSP. Desde o início do levantamento, em junho de 2012, a redução é de quase 50%.
O receio da inflação foi um dos principais fatores a impactar o resultado. A percepção é de que a alta de preços pode, em pouco tempo, contaminar salários e outros aspectos do cotidiano do consumidor. Do lado das instituições financeiras, já há elevação de juros e endurecimento das condições de financiamento. O cenário é preocupante, pois o crédito responde por 30% a 40% das vendas no varejo. Dos 2.200 entrevistados, 57% afirmaram possuir dívidas em abril. No entanto, 20% disseram ter algum tipo de aplicação e 37%, nenhuma. Já 42% afirmaram não estar endividados no mês, metade com dinheiro aplicado e metade sem.
A pesquisa também revelou que houve piora da condição de solvência média, que caiu de 89 pontos em março para 83 em abril. A situação se deve, em sua maioria, à parcela de entrevistados com dívida, já que o indicador de segurança de crédito desse grupo foi de 81 pontos em março a 71 em abril. Isso mostra uma redução na tendência de endividamento futuro dos não endividados e, ao mesmo tempo, aumenta o risco presente de inadimplência dos já endividados.