Cobrança econômica

0
19

Telefone, mala direta e SMS estão entre as opções de cobrança mais comuns utilizados pelas empresas, mas esses canais têm desvantagens quando é considerado o alto preço para a efetivação da negociação. Pensando nisso, foi criado o site Quitei como canal de recuperação de crédito para as empresas. “As empresas conseguem atingir seus devedores em volume, com custos bem mais baixos, pois a própria pessoa que possui uma dívida é a protagonista para resolver seu problema por meio da internet”, explica Charles Duek, CEO do Quitei. 
Com a democratização da internet, Duek viu uma grande chance das empresas recuperarem créditos e, também, dos consumidores tirarem seus nomes da lista de inadimplência de uma forma fácil e rápida. Lançado em novembro de 2012, após dois meses, o site atingiu o índice de 89% de pessoas que conseguiram negociar as dívidas com os credores e registrou 9520 débitos cadastrados entre os 5860 cadastros realizados, média de 1,62 dívidas por usuário.
Além da facilidade e do custo menor para as empresas, o site permite que os usuários negociem as dívidas com desconto. “Apostamos em parcerias com grandes empresas com o objetivo de oferecer descontos realmente vantajosos”, conta o executivo. Para negociar as dívidas, o consumidor deve acessar o site e fazer cadastro com e-mail e dados pessoais. A partir disso, o Quitei entra em contato com a empresa credora e negocia condições de desconto e parcelamento. Depois a própria empresa entra em contato com o devedor para informar a proposta e, caso aceite as condições de pagamento, ele quita a dívida diretamente com o credor.