Compras à crédito no Brasil

0
1
O percentual de brasileiros que pagou algum tipo de parcelamento em dezembro de 2016 chegou a 41%, segundo a pesquisa Perfil Econômico do Consumidor da Fecomércio-RJ/Ipsos. Entre esse grupo, 50% escolheram o cartão de crédito como opção de financiamento, seguida de 36% via carnê e 13% por empréstimo bancário. O levantamento mostra também que as principais razões para os financiamentos foram a compra de alimentos (29%), artigos de vestuário (28%), aquisição de eletrodomésticos (24%) e a renegociação de dívidas (16%).
A pesquisa mostrou ainda que o orçamento familiar segue mais equilibrado em meio à conjuntura econômica. Em dezembro de 2016, 57% dos brasileiros informaram que o orçamento não teria sobras mas estava mais equilibrado, contra 18% com sobras e 24% com recursos insuficientes para cobrir todas as despesas do mês. Para os 18% que disseram haver sobra no orçamento, 43% informaram que poupariam para gastar no futuro, 35% disseram que gastariam com alimentação e 19%, com lazer.