Crédito às empresas deve ser favorável

0
3



O Indicador Serasa Experian de Perspectiva do Crédito às Empresas manteve o valor de 98,6 em abril. Como o índice antevê os movimentos cíclicos da concessão de crédito com seis meses de antecedência, a estabilização após uma sequência de quedas (dez/10 a fev/12) sinaliza que as concessões de crédito às empresas deverão começar a exibir um comportamento mais favorável ainda neste ano. A continuidade da redução das taxas de juros bem como as medidas fiscais tomadas pelo governo para impulsionar o setor produtivo deverão reativar a demanda das empresas por crédito, principalmente durante o último trimestre de 2012, observam os economistas da Serasa Experian.

 

Já o Indicador Serasa Experian de Perspectiva do Crédito ao Consumidor recuou 0,4% em abril de 2012, atingindo o patamar de 100,3, indicando que as concessões de crédito aos consumidores deverão continuar evoluindo no ano num ritmo mais lento que em 2011. O patamar ainda elevado da inadimplência, a maior seletividade na análise e aprovação de crédito por parte das instituições financeiras e o maior grau de endividamento dos consumidores deverão continuar impedindo uma expansão mais acelerada do crédito às pessoas físicas, observam os economistas da Serasa Experian.