Cresce inadimplência em condomínios

0
1
Levantamento realizado pelo departamento de economia e estatística do Secovi-SP (Sindicato da Habitação), no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, mostra que o número de ações judiciais por falta de pagamento da taxa condominial na cidade de São Paulo registrou ligeira alta de 1,9% em janeiro de 2015, comparado ao mês anterior. Foram 848 ações no primeiro mês do ano, contra 832 em dezembro de 2014. Na comparação com o número de ações registradas em janeiro de 2014 (643 casos), a alta foi bem maior: 31,9%.
Por outro lado, houve pequena redução de 0,9% no acumulado dos últimos 12 meses. De fevereiro de 2014 a janeiro deste ano, foram computadas 9.252 ações, contra 9.339 totalizadas de fevereiro de 2013 a janeiro de 2014. 
A recomendação do Secovi-SP é que síndicos e administradoras reforcem as negociações de cobrança e promovam ações de conscientização dos condôminos quanto à importância desse pagamento para a manutenção da saúde financeira do condomínio. “O síndico deve estimular o condômino inadimplente a quitar dívidas, pois a maioria ainda prefere negociar amigavelmente”, aconselha Hubert Gebara, vice-presidente de Administração Imobiliária e Condomínios do Sindicato.