Cresce oferta de crédito no Brasil

0
2



O crédito total ofertado pelo sistema financeiro nacional chegou a R$ 1,422 trilhão em janeiro, com expansão de 0,7% no mês e de 15,7% em 12 meses, segundo dados divulgados, hoje (24/02), pelo Banco Central (BC). Com esse resultado, os empréstimos representaram 44,6% do Produto Interno Bruto (PIB). Houve uma queda em relação a dezembro do ano passado, quando essa relação chegou a 45%. Em janeiro de 2009, o crédito em relação ao PIB ficou em 40%.

 

De acordo com o BC, os bancos públicos ampliaram a participação relativa na carteira total de crédito de 41,4%, em dezembro, para 41,6%, em janeiro. As instituições privadas nacionais mantiveram 40,4% de participação, enquanto os bancos estrangeiros tiveram redução de 18,2% para 18%.

 

O financiamento com recursos direcionados (operações com taxas ou recursos preestabelecidos em normas governamentais, destinados basicamente para os setores rural, habitacional e de infraestrutura) cresceram 1,7% no mês, com o total de R$ 464,9 bilhões. Já os empréstimos com recursos livres (com taxas de juros livremente pactuadas entre as instituições financeiras e os clientes) responderam por 67,3% do crédito total. O resultado foi de R$ 957,4 bilhões, em janeiro, com aumento de 0,3% no mês.

 

Esse aumento, segundo o BC, refletiu o crescimento de 0,9% nas operações para as pessoas físicas, com destaque para o crédito pessoal, nos financiamentos de veículos e nas modalidades de crédito rotativo. Por sua vez, os financiamentos para as empresas recuaram 0,3% no mês, com o total de R$ 483,5 bilhões. De acordo com o BC, houve retração de 7,5% no saldo de operações de desconto de duplicatas, o que é comum no início do ano.