Clique no banner e vote na fera que te representa!
Clique no banner e vote na fera que te representa!

O canal para quem respira cliente.

Crescimento preocupante

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
O Indicador Serasa Experian de Cheques Sem Fundos revela que o percentual de devoluções de cheques pela segunda vez por insuficiência de fundos foi de 2,19%, no primeiro semestre deste ano. Esta foi a segunda maior alta para o período de toda a série histórica, desde 1991. O recorde do semestre foi em 2009, com 2,30%. Se comparado ao mesmo período de 2014, esse percentual foi de 2,09%. 
Considerando apenas o mês de junho de 2015, o percentual de devolução de cheques sem fundos foi de 2,02%, menor que a devolução de 2,29% registrada em maio/15 e maior que a devolução de 1,92% ocorrida em junho de 2014.
De acordo com os economistas da Serasa Experian, essa segunda alta na inadimplência de cheques, na avaliação semestral, só foi menor que a apresentada em 2009, pós-crise econômica de 2008, e deve-se principalmente aos reflexos do aumento do desemprego, da inflação e das taxas de juros na capacidade de pagamento dos consumidores. Esses fatores têm impactado negativamente todas as modalidades de inadimplência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima