Demanda do consumidor por crédito avança

0
3



A quantidade de pessoas que procurou crédito durante o mês de setembro cresceu 0,2% frente ao mês de agosto, de acordo com Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito. Com isso, o índice atingiu o patamar de 121,4 no mês passado, o maior nível de toda a série histórica iniciada em janeiro de 2007, ultrapassando a marca de 121,1 observada em agosto (recorde histórico anterior). Na comparação com setembro do ano passado, a procura por crédito avançou 18,6%. Com este resultado, o crescimento acumulado anual subiu ligeiramente de 15,4% (janeiro a agosto de 2010) para 15,8% no período de janeiro a setembro de 2010.

 

Segundo os economistas da Serasa Experian, a proximidade do Dia das Crianças, a confiança dos consumidores em alta e o bom momento do mercado de trabalho, com evolução favorável do emprego e da renda, estimularam a busca do crédito por parte das pessoas físicas no mês passado.

 

Os consumidores das camadas inferiores de rendimento mensal foram os que puxaram a procura por crédito em setembro. A alta foi de 2,8% para aqueles cujo rendimento mensal situa-se abaixo de R$ 500,00 e de 1,2% para os consumidores que ganham entre R$ 500,00 e R$ 1.000,00 por mês. Todas as demais faixas de rendimento pessoal mensal apresentaram recuos em suas demandas por crédito em setembro/10.