É preciso entender os benefícios

0
2

Muitos consumidores ainda têm dúvidas dos benefícios que a portabilidade de crédito com recursos do FGTS pode oferecer e, muitas vezes, a falta de informação pode prejudicá-los. Segundo Alessandro Francisco, professor do curso de Negócios Imobiliários da FAAP, é importante que o mutuário conheça a fundo as condições que lhe são oferecidas para a migração de bancos, já que algumas podem não lhes convir. “Cada cliente possui necessidades específicas e elas devem ser ponderadas em relação às condições de portabilidade oferecidas. Deve-se ler atentamente o contrato para compreender o conjunto de implicações decorridas da opção”, afirma.

Outra consequência da portabilidade que pode virar benefício para o cliente é a maior concorrência entre bancos, pois, agora, as instituições financeiras devem se empenhar em oferecer melhores condições e melhorar seu atendimento para ficar com o consumidor, o qual se mostra cada vez mais exigente e consciente de seus direitos. “Estamos num momento em que alguns correntistas e demais clientes podem até optar por pagar tarifas ou taxas de juros mais caras, desde que sejam oferecidas facilidades de acesso aos serviços ou mesmo agilidade na prestação dos mesmos. Os clientes têm se tornado cada vez mais seletivos, não apenas avaliando o custo de uma transação, mas também benefícios que ela pode proporcionar”, comenta Francisco.

Com a portabilidade, no entanto, o crédito não deve baratear, mas poderá criar melhores oportunidades para migração de um saldo devedor existente, destaca o professor. “A taxa em si pode não ficar mais barata, mas o Custo Efetivo Total (CTE), composto de taxa de juros e tarifas que compõem a concessão, pode cair. Neste sentido, a taxa pode não ficar mais barata, mas o crédito pode.”

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSantander lança Conta Conecta
Próximo artigoAtento contrata em SP