Empresas de cobrança vão contratar mais

0
4

O Instituto Gestão de Excelência Operacional em Cobrança, Igeoc, estima que 8 mil novos postos de trabalho serão abertos em 2012, um incremento de 30% no quadro de funcionários. Atualmente, as 18 associadas do Instituto empregam cerca de 26,5 mil pessoas. “As contratações já estão em ritmo acelerado devido ao final do ano. Entre novembro e dezembro, as empresas abriram três mil novas vagas, para atender a demanda de devedores que aproveitam o 13º salário para quitar seus débitos”, explica o presidente do Igeoc, Jair Lantaller.
Segundo Lantaller, o grande problema do setor é encontrar mão de obra qualificada, principalmente de operador de cobrança, que exige técnicas de negociação e conhecimentos sobre produtos de financiamento e empréstimos.  “Aproveitamos em média 20% de todas as pessoas entrevistadas”, revela o vice-presidente do Igeoc, Claudio Kawasaki.
 “O mercado está escasso porque há diversas oportunidades em outros setores da economia e isso reflete na falta de candidatos para as vagas disponíveis”, acrescenta Lantaller. As empresas são, muitas vezes, obrigadas a selecionar o contratado diante de um número enxuto de opções. E esses poucos se supervalorizam, mesmo quando sua qualificação profissional não é diretamente proporcional às exigências da vaga. 
Outra alternativa é a automação dos processos. As empresas investem cada vez mais em discadores automáticos para ganhar produtividade. Treinamentos e cursos de qualificação, atrelados a um plano de carreira visando a retenção dos profissionais, também é uma das ferramentas utilizadas pelas empresas.