Fomentando a competitividade

0
3
Apesar de não ser amplamente divulgado, o crédito de inovações é uma realidade para diversas micros, pequenas e médias empresas. Principalmente as que trabalham com inovação e tecnologia. E, apesar da atua conjuntura econômica, as empresas paulistas estão apostando na inovação para superar a crise. “De acordo com levantamento, somente no primeiro semestre de 2015, a Desenvolve SP financiou R$ 13,9 milhões em projetos inovadores de empresas de pequeno e médio porte. É o maior valor dos últimos seis anos, além de representar um aumento de 156% em relação ao ano completo de 2014”, comenta Milton Luiz de Melo Santos, presidente da Desenvolve SP.
Mas não é porque essa carteira ainda é uma das que mais cresce, que as empresas tomadoras desse crédito devem fazê-lo sem cuidado. Afinal, o planejamento financeiro e o financiamento consciente reduzem muitos riscos na hora de investir. Nesse sentido, Santos explica que a Desenvolve SP vai além de oferecer somente um crédito sustentável – baixas taxas de juros e longos prazos para pagamento -, buscando oferecer ações com parceiros como o Sebrae-SP, Endeavor Brasil, FIESP/CIESP, Fecomércio e outros.
Por meio dessas medidas, a taxa de inadimplência, que já é baixa nesta carteira, fica menor ainda. “No último dado, referente a junho deste ano, a Desenvolve SP registrou uma taxa de 2.9%, para operações de crédito voltadas a pessoas jurídicas. Segundo o Banco Central, o valor médio do período foi de 3.9%”, apresenta Santos. Assim, é possível continuar fomentando o aumento da competitividade e da atividade, tanto para as empresas de desenvolvimento tecnológico, inovação e pesquisa, quanto para as que se beneficiam destes resultados.