Clique no banner e vote na fera que te representa!
Clique no banner e vote na fera que te representa!

O canal para quem respira cliente.

Garagens cheias, bolso vazio

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Os ¬financiamentos de veículos no Brasil somaram 2.712.050 unidades no primeiro semestre do ano, sendo 1.216.449 novas e 1.495.601 usadas. O volume total representa uma queda de 10,6% em relação ao mesmo período de 2014. Considerando apenas o mês de junho, as vendas ¬ financiadas totalizaram 444.387 unidades, indicando um recuo de 3,8% em relação a junho do ano passado. Os números levam em consideração automóveis de passeio, comerciais leves, motos e pesados.
O levantamento é da Unidade de Financiamentos da Cetip, que opera o Sistema Nacional de Gravames (SNG), base integrada de informações que reúne o cadastro das restrições ¬ financeiras de veículos dados como garantia em operações de crédito em todo o Brasil. O SNG impede que o processo de ¬ financiamento de veículos seja suscetível a fraudes sistêmicas.
Houve uma queda signi¬cativa nos ¬financiamentos de veículos novos, puxada principalmente pelos automóveis leves, que recuaram 22,1% no acumulado do ano. O desaquecimento da economia e o baixo índice de con¬fiança do consumidor, que atingiu seu pior nível, continuam impactando fortemente o mercado de ¬financiamentos de veículos, a¬firmou Marcus Lavorato, gerente de Relações Institucionais da Cetip.
No primeiro semestre, os ¬financiamentos de automóveis leves novos somaram 745.005 unidades, acumulando uma queda de 22,1% em relação ao mesmo período de 2014. Já os autos leves usados totalizaram 1.373.222 unidades, recuo de 1,6% na comparação com o primeiro semestre do ano passado. Considerando apenas o mês de junho, os autos leves novos atingiram 120.083 unidades, queda de 20,2% ante junho de 2014, enquanto os carros usados somaram 226.273 unidades, aumento de 6,9% em relação ao mesmo mês do ano passado.
Os financiamentos de motos novas somaram 431.410 unidades no primeiro semestre do ano, queda de 8,7% em relação ao mesmo período de 2014. Já as motos usadas atingiram 53.331 unidades financiadas nos seis primeiros meses do ano e acumulam alta de 1,4%.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima