Importância de um bom relacionamento

0
12
Quem nunca teve problemas com as finanças? Isso, infelizmente, é mais comum do que se imagina. Em algum momento da vida, nos vemos com dificuldades para fechar a conta no final do mês e nos endividamos. Cartão de crédito, cheque especial… Essas são, geralmente, as principais delas, como afirma Marcello Gonella, professor da Universidade Anhembi Morumbi. “As pessoas tomam crédito, conforme a sua necessidade ou a sua dificuldade de se ajudar em termos de receita, de salário, de suas despesas. Quando vê no final do mês, são tantas modalidades para pagar, com juros diferenciados, com datas de vencimentos diferentes, que essa falta de planejamento, acaba dificultando ainda mais para honrar os compromissos”, explica.
Para Gonella, nesse sentido, o crédito consolidado pode ser a solução ideal de quem está nessa situação. “É muito mais atrativo concentrar todas as suas despesas financeiras, em uma só modalidade, do que se você tiver tomado financeiramente, crédito em várias modalidades. Além de ter uma taxa mais atraente, com relação ao cheque especial e ao cartão de crédito, você pode ainda ter uma conversa com um banco e liquidar aquele crédito com uma vantagem financeira”, comenta.
Para o professor, já que esse tipo de crédito não oferece muitas garantias para as instituições financeiras, o ideal, portanto, é que o cliente mantenha sempre um bom relacionamento com a instituição financeira. “É preciso ter um bom relacionamento e provar para a instituição que você vai ter um controle melhor com relação à sua receita e às suas despesas. Nesse sentido, o crédito consolidado realmente vale a pena”, afirma.