Inadimplência em queda

0
3
A queda da inflação, a redução das taxas de juros, a entrada dos recursos do FGTS na economia e a reação do mercado formal de trabalho estão contribuindo para reduzir o patamar de inadimplência do consumidor. Em junho de 2017, o número de consumidores inadimplentes no país chegou a 60,6 milhões, queda de 0,7% em relação a maio, que registrou 61,0 milhões, de acordo com de acordo com o Indicador Serasa Experian de Inadimplência do Consumidor. Este foi o primeiro registro de queda em sete meses.
Segundo os economistas da Serasa, a queda da inflação, a redução das taxas de juros, o ingresso dos recursos do FGTS na economia e a reação do mercado formal de trabalho estão contribuindo para reduzir o patamar de inadimplência do consumidor. Na comparação com junho de 2016, houve aumento de 1,51%.
O estudo também mostra que a região com maior percentual de inadimplentes do país é a Sudeste, com 45,2% do total, seguida da região Nordeste, que corresponde a 25,1% do total. O Sul do país é o terceiro colocado do ranking, com 12,8% dos negativados. Norte e Centro-Oeste ficam em quarto e quinto lugar, respectivamente.