Índices tímidos

0
6
As empresas de pequeno e médio porte são parte importante do mercado financeiro e do mercado de crédito. Mas, com o cenário econômico mais retraído, elas também são afetadas. Segundo Marcela Kawauti, economista chefe do SPC, o ano de 2015 apresentou uma média baixa para a demanda de crédito das empresas, que girou em torno de 12 pontos em uma escala que vai de zero a cem. pesar de baixa, a média do ano se manteve estável, ficando no mesmo patamar desde o mês de maio até a última pesquisa, em outubro, segundo Marcela. Atualmente, o índice de busca por crédito das empresas está em 13,15 pontos.
O fim de ano, que geralmente, representa maior movimento para as empresas e consequentemente a busca por crédito também fica elevada, porém, em 2015, os índices estão mais retraídos. Segundo Marcela Kawauti, até mesmo o mês de dezembro deverá apresentar índices de tímidos de demanda por crédito. Marcela comenta também que, em comparação com outros anos, 2015 tem sido mais fraco e até o ano de 2013 o mercado de crédito estava bastante efervescente.
Apesar de achar que a perspectiva não é de grandes melhoras para o começo de 2016, Marcela acredita que a menor busca por crédito pode ser vista de forma positiva, como um sinal de cautela das empresas que, preferem reduzir o crédito a ficarem inadimplentes. Entre as empresas que buscaram crédito na última pesquisa do SPC, em outubro, Marcela afirma que metade delas tinha a intenção de aplicar em capital de giro e 30% de investir em maquinário para seu negócio.