Mais abertos ao financiamento!

0
2
Cresceu 2,2 pontos porcentuais (p.p.) a disposição dos paulistanos em buscar financiamento nos próximos três meses. A Pesquisa de Risco e Intenção de Endividamento (PRIE), realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), concluiu que em agosto o número de interessados nesse recurso atingiu 13,4%, enquanto em julho era de 11,2%. Em contrapartida, 85,3% dos entrevistados garantiram não planejar fazer esse tipo de dívida no trimestre seguinte.
 
De acordo com a FecomercioSP, apesar da intenção de financiamento ter crescido levemente existe um processo de aumento do conservadorismo nos consumidores, como mostra o aumento da aplicação na poupança vista nos últimos meses. O setor financeiro está apertando as condições de crédito e fazendo ajustes em suas carteiras, o que faz com que os endividados encontrem mais dificuldade para financiar seu consumo ou suas dívidas.
 
Aplicação
A média de pessoas com algum tipo de aplicação subiu em agosto, passando de 39,2% em julho para 41,1% em agosto. O número de não endividados com aplicações também cresceu, passando de 47,8% para 51,2% no mês. Porém, o número de endividados com aplicação caiu de 33% para 32,2% em agosto. Essa baixa tem sido uma tendência constante desde março.
 
A poupança segue a principal aplicação dos paulistanos, sendo a mais importante para 75,7% dos respondentes. Ela é seguida pela renda fixa (14,4%), previdência privada (4,2%) e outras (5,7%).