Mercado de cartões de crédito cresce 23% no tri

0
4



O mercado de cartões de crédito, débito e de rede/loja no Brasil registrou R$ 178,5 bilhões de faturamento no primeiro trimestre de 2012, alta de 23% em comparação com o mesmo período de 2011. Desse total, os cartões de crédito faturaram R$ 103 bilhões, com crescimento de 23%. Os dados são da Abecs, Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços.

 

Das 2,2 bilhões de transações (aumento de 18%), os cartões de crédito representaram 886 milhões, uma alta de 17% em relação ao primeiro trimestre do ano passado. O número de unidades em circulação na modalidade chegou a 179 milhões, incremento de 13%.

 

Outro fator que continua contribuindo para o crescimento do faturamento de cartões de crédito é o aumento dos gastos dos brasileiros no exterior. O valor total de compras feitas com esse meio de pagamento em outros países foi de R$ 5,5 bilhões de janeiro a março, o que representa um crescimento de 7% ante o mesmo período de 2011. O resultado pode ser atribuído à valorização da moeda nacional em relação ao dólar e ao aumento do emprego e do poder aquisitivo do brasileiro.

 

Regionalmente, o Centro-Oeste apresentou maior crescimento em faturamento de cartões de crédito, com 28% – destaque para Goiânia (GO), com aumento de 30%, e Campo Grande (MS), com alta de 29%. Em relação aos ramos de atividade, a maior elevação foi para Demais Comércios Atacadistas e Varejistas (38%), que incluem segmentos como o comércio atacadista e o de materiais de construção, Setor Primário, Indústria e Serviços Básicos (36%), que contempla educação, saúde e “utilities”, e Outros Serviços e Profissionais Liberais (29%), que abrange médicos, advogados, TV por assinatura, taxistas e chaveiros.