O que é preciso?

0
3
Com os avanços tecnológicos, a cada dia surgem novas necessidades. Desta forma, é preciso saber selecionar entre as tendências o que é útil e o que será passageiro. Para as empresas de cobrança não é tão diferente, visto que escolhendo assertivamente um fornecedor de TI, essa decisão terá impacto direto na produtividade e qualidade do atendimento. Mas como decidir entre uma empresa de TI ou outra? Segundo Ariane Abreu, diretora comercial da Total IP, é importante começar se questionando sobre o que a recuperadora precisa.
Essa questão deve ser o ponto principal antes de buscar uma fornecedora, visto que esta intimamente ligada aos objetivos da empresa, além de não dispersar para ferramentas desnecessárias no momento, ou seja, gastando somente o necessário. “Na hora de escolher, o principal foco para uma empresa de cobrança deve ser a estrutura de atendimento. Afinal, ela precisa manter a qualidade após fechar e implantar a nova solução. Visitar e contatar clientes já utilizando esse parceiro pode ajudar a ter mais segurança na hora de escolher, além de aumentar a credibilidade do fornecedor”, pontua.
Além disso, é importante que seja observado o setor comercial da fornecedora de TI, verificando se ela entende o serviço de uma recuperadora de crédito, pois só assim será possível oferecer as melhores práticas de utilização de uma ferramenta. Afinal, a tecnologia será uma aliada da empresa de cobrança. E isso será percebido tanto durante o serviço, com a satisfação dos colaboradores e clientes, quanto com um aumento significativo em produtividade e agilidade nos processos. “As vantagens são os ganhos rápidos, baixo custo de implementação e, principalmente, facilidade de aceitação da operação, resultando em uma diminuição do estresse em processos de mudança”, conclui Ariane.