Oito bancos do Brasil têm nota de crédito reduzida

0
3

A agência de classificação financeira de risco Moody´s informou nesta quarta-feira (27) que reduziu a nota de crédito de oito bancos brasileiros entre um e três níveis, como parte de uma revisão geral do setor bancário mundial sobre instituições com classificações superiores a do país onde operam.

Foram rebaixadas ao nível de investimento Baa2 (a mesma classificação de dívida soberana do Brasil), as notas do estatal Banco do Brasil e dos privados Safra, Santander e HSBC. A nota do Brasil subiu em junho de 2011 de “Baa3” (a mais baixa da categoria investimentos) para “Baa2” em reconhecimento à política econômica do País.

Os também privados, Bradesco, Itaú Unibanco e o banco de investimento Itaú BBA foram reduzidos, mas permanecem um escalão acima do nível de investimento nacional por possuírem fatores que suavizam os riscos, como “altos níveis de diversificação de negócios e ganhos”, apesar da alta participação na dívida imperante, de acordo com a Moody’s, enquanto que o Votorantim foi reduzido em um escalão para refletir o mau desempenho financeiro do banco. “Nossa análise indicou que há poucas razões para crer que os bancos estarão isolados de uma crise de dívida do governo. Particularmente, consideramos sua significativa exposição direta aos títulos equivalente a 167% do capital de nível 1, em média.”, afirma a Moody`s em nota publicada à imprensa.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCinco pilares para a retenção
Próximo artigoM-Commerce na Prática!