PAC adota SMS para agregar valor

0
17



Pensando em uma maneira discreta, porém eficaz, de fazer a primeira abordagem com o inadimplente, a PAC optou por fazer da tecnologia SMS um agregador de valor na otimização dos processos de cobrança. “Percebemos no SMS um grande ganho estratégico no contato com o devedor, na medida em que a população passou a ter grande acesso aos celulares, canal que possibilita um contato direto e maior interatividade”, conta Marcus Medeiros, superintende de operações da PAC.

 

Desde 2007 a PAC conta, nos envios de SMS, com o auxilio da Zenvia. O envio é realizado por meio do gateway da Zenvia, uma API de integração. A PAC também faz uso da Limpeza Preditiva, solução de inteligência que limpa os números inválidos da base de dados, cobrando apenas pelos SMS entregues na mão do destinatário.

 

Hoje, o SMS é sinônimo de mais agilidade nos processos da PAC e se tornou peça fundamental para a operação no momento em que toda a comunicação com o inadimplente foi reestruturada, segundo Medeiros. “O SMS está em todos os processos de cobrança da PAC, servindo, por exemplo, para informar o 0800 para o contato do devedor; enviar o código de linha digitável para pagamento do boleto; fazer contato para manutenção de acordos, com o envio de lembretes de parcelas já acordadas; efetuar a própria cobrança com o repasse do valor em débito; e, também para, caso não haja o pagamento, perguntar por que ele não foi feito”, explica.

 

Além da redução de recursos humanos, a PAC ganhou em assertividade nas negociações. “O SMS é bastante eficaz: nossos indicadores de retorno com o uso do SMS no primeiro contato com o inadimplente chegam a 25% em negociações já formalizadas, com o pagamento direto da dívida realizada”, comemora. Além disso, o SMS substituiu o telefone, o que trouxe uma redução de custos. “O SMS hoje tem uma representatividade muito grande na estratégia de cobrança e é considerado uma das principais ferramentas em nossa operação”, conclui Medeiros.