Podemos negociar?

0
1
Cobrar é fácil, o difícil é fazer isto de forma eficaz. Com práticas mais avançadas e um mercado cada vez maior, as renegociações das dívidas assumem novas metodologias que modernizaram o campo de crédito e cobrança, trazendo melhorias ao consumidor. Em entrevista exclusiva ao Portal Crédito e Cobrança, o diretor executivo da Safemoney Consulting, Diogenes Barbosa, aponta quais são os caminhos que as recuperadoras estão investindo, assim como a perspectiva de um setor que movimenta bilhões no país. 
ClienteSA – As instituições financeiras estão mais flexíveis para negociar o crédito com o consumidor? 
Barbosa: No geral, as instituições financeiras estão mais flexíveis, pois a taxa de inadimplência, apesar de mais baixa em relação ao mesmo período do ano passado, ainda atinge níveis acima das perspectivas do mercado. Com o objetivo de maximizar as recuperações as instituições estão praticando campanhas mais agressivas a fim de recuperar os créditos, o que resulta em receita recuperada, manutenção da carteira de clientes e a retomada de clientes inativos.
Como os eventos de conciliação estão contribuindo para o mercado de renegociação? 
Todas as formas de conciliação são positivas para o mercado de renegociação, pois somente contribui para o crescimento desse mercado e a profissionalização do mesmo, faz com que as empresas inseridas nesse mercado acabem inserindo novas tecnologias e mecanismos a fim de melhorar a performance nos índices de recuperação. Esse crescimento traz novos investimentos na criação de novas ferramentas, capacitação para os profissionais da área, melhoria na qualidade do serviço das empresas de recuperação, novos entrantes, novas tecnologias e principalmente a melhoria no consumo o que é o principal mecanismo de nossa economia.

Quais são as ferramentas mais utilizadas para a renegociação do crédito?
Existem as campanhas esporádicas que tem como objetivo a recuperação em um período específico como o Natal, Dia das mães etc. Acordos e renegociações pessoais e de dívidas pela internet, ferramenta já disponível no mercado em algumas instituições financeiras, bem como no Serasa também fazem parte. Também são importantes os Feirões Limpa Nome, negociação massificada com o objetivo de conceder descontos aos devedores e reinseri-los novamente no grupo de potenciais tomadores de crédito.
Quais são os avanços que o mercado de recuperação apresenta? 
Atualmente o mercado de recuperação conta com excelentes avanços como sistemas localizadores mais efetivos, sistema de gestão de informações integrado com os diversos bureaus de crédito, além de plataformas customizadas para receber diversas estratégias de recuperação, levando em consideração as diversidades de informações do perfil dos devedores como região geográfica, faixa etária, nível de escolaridade, entre outras.
E quais são as perspectivas para os próximos anos?
Particularmente entendo que esse mercado de recuperação tende a incrementar novas metodologias, novos processos e sistemas com a visão da linguagem empregada nas redes neurais que atualmente está implementada somente em vendas via web. Cada vez mais as empresas irão compreender melhor o perfil dos devedores potenciais e automaticamente irão mitigar as possíveis perdas nas carteiras de crédito.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTem gente saindo na frente
Próximo artigoA facilidade na palma da mão