Quem é correto não tem dor de cabeça

0
2
Muitos consumidores se queixam de cobranças e ligações abusivas que, em muitas vezes, não tem qualquer identificação. Para inibir essas ações, a CCT (Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática), deve votar projeto que proíbe ligações telefônicas sem identificação. Para Francisco Pereira da Silva, CEO da Agyx! Cobranças, no entanto, as coisas não devem mudar muito, já que a grande maioria das empresas de cobrança já não realizam esse tipo de abuso. “A empresa que trabalha dentro do código de defesa civil e do código civil, não sentirá impacto.” Para o executivo, quem perde é a empresa que cobra de forma ilícita, agredindo e utilizando argumentação de baixo calão para resgate de cobrança.
A exceção, segundo Pereira, é quando se trata de devedor mau caráter, o qual não tem real interesse em pagar. Para ele, a resolução irá auxiliar esse “devedor golpista”, o qual tem o costume de desligar o telefone e/ou recusar-se a atender ligações de cobrança. “Alguns devedores utilizarão do recurso para esquivar-se de pagar”, afirma. Na opinião do CEO, isso só irá intensificar o uso de outras ferramentas para a realização da cobrança. “Há algumas situações de adaptação, como por exemplo, empresas que trabalham com a telefonia alternativa, VoIP, skype, interface”, diz.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPor que bons e-commerces fracassam?
Próximo artigoNovidade banalizada?