Clique no banner e vote na fera que te representa!
Clique no banner e vote na fera que te representa!

O canal para quem respira cliente.

Sicredi cria chatbot Theo

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
O Sicredi acaba de implementar o Theo, chatbot para atendimento interno que auxilia os mais de 24 mil colaboradores em dúvidas sobre os produtos e serviços disponíveis aos associados ou para resolver questões técnicas de infraestrutura, resetar senhas dos colaboradores nos sistemas internos. O assistente virtual começou a funcionar como um projeto piloto no segundo semestre de 2018 e, desde então, já atendeu 21 mil chamados. A ferramenta usa inteligência artificial do Watson (IBM) para responder perguntas enviadas pelos colaboradores e 30% dos questionamentos já são solucionados sem a interferência de um humano.
“O Sicredi segue em expansão. Em janeiro, por exemplo, atingimos a marca dos 4 milhões de associados. Automaticamente, aumenta o número de demandas e nós precisamos suportar os colaboradores das nossas cooperativas a manter a qualidade e a agilidade do atendimento, que sempre foram marca da instituição financeira cooperativa. Em plena era digital um colaborador não pode mais ficar pendurado no telefone aguardando uma informação. O Theo veio para resolver isso, com rapidez e eficiência”, explica Cesar Bochi, diretor de administração do Centro Administrativo Sicredi.
Para aumentar a satisfação com a experiência proporcionada, o Sicredi constituiu uma equipe que funciona como célula de curadoria do Theo, formada por especialistas de múltiplas áreas como tecnologia da informação, negócios digitais, cientistas de dados e produtor de conteúdo que acompanham no dia a dia os chamados realizados e treinam o robô Theo para aumentar o repertório de intenções e precisão de respostas. Segundo o Sicredi, o próximo passo é disponibilizar a tecnologia para uso direto dos associados. “A transformação digital é tema prioritário para o Sicredi. Nosso objetivo é levar cada vez mais inovação para as cooperativas e associados”, finaliza César.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima