Sicredi quer associados mais engajados

0
9
O novo Programa Crescer do Sicredi, voltado a difundir a cultura da cooperação entre associados e qualificar a participação deles na instituição, foi apresentado recentemente a dirigentes e executivos de Curitiba. O programa passou por readequações, como revisão de conteúdo, de diagramação e design, produção de novos vídeos, além da reorganização do método de aprendizado em busca de uma aproximação com a realidade das cooperativas de crédito e investimento e da satisfação dos associados.
Ao todo, desde a implantação do programa em 2009, mais de 100 mil associados passaram pela formação. Foram quatro anos de trabalho e chegou a hora de analisar o que funcionou e o que precisava ser melhorado , avalia Manfred Dasenbrock, presidente da Central Sicredi PR/SP/RJ. Não temos uma meta específica de número de associados que pretendemos formar nos próximos anos, mas temos a certeza que precisamos continuar focando na qualidade de participação das pessoas , explica o gerente da Fundação Sicredi, Marcos Alexandre Schwingel.
A principal proposta do novo Programa Crescer é tornar o associado mais engajado, o que é viável graças a três motivos: conhecer o funcionamento da sociedade cooperativa, ter o Sicredi como principal instituição financeira e estar satisfeito com o portfólio de produtos e atendimento. Essa qualificação vai incrementar o desenvolvimento das cooperativas , reforça Schwingel. Pesquisas mostram que os associados que passaram pela formação são 15% mais satisfeitos e utilizam o dobro de soluções que o cooperado tradicional , acrescenta.