Uso do cartão impulsiona mercado

0
2

O mercado de crédito está em um período crescente, devido à maior procura do consumidor. Segundo dados da Boa Vista Serviços, no primeiro trimestre de 2013 a demanda cresceu 1,9%, em comparação com o mesmo período do ano passado. Para Pedro Raffy Vartanian, professor de Economia da Universidade Presbiteriana Mackenzie, essa maior busca por crédito está atrelada às facilidades existentes para sua utilização, como o cartão de crédito. Pela facilidade de uso e comodidade, ele é o principal instrumento responsável pela alta do uso do crédito por parte dos consumidores, segundo Vartanian.
“Em muitos casos, o consumidor prefere utilizar o cartão de crédito como um substituto para o cartão de débito, com o objetivo de organizar melhor as finanças pessoais. Em seguida tem-se a utilização de carnês de pagamento”, declara. Para ele, o fato de o crédito suprir essa necessidade das famílias em adquirir bens de imediato, quando não há recursos disponíveis, contribuirá ainda para o crescimento da demanda de crédito ao longo do ano. “Do ponto de vista da oferta de crédito, a tendência é de crescimento em 2013, diante da melhora dos índices de inadimplência e de um processo de concessão mais rigoroso e seletivo por parte das instituições financeiras”, afirma.
Segundo o professor, as pessoas que mais vem utilizando crédito são os que pertencem a famílias com renda de até dez salários mínimos. “Esses consumidores apresentam maior percentual de endividamento quando comparados aos consumidores de famílias com renda superior a dez salários mínimos”, explica. O fator principal que o faz buscar o crédito é a necessidade de adquirir um bem qualquer, como carro, geladeira, TV, computador ou celular, entre outros, sem ter o dinheiro no presente. O consumidor opta por antecipar consumo que seria possível somente no futuro. “Adicionalmente, a falta de planejamento financeiro e de um controle mais eficaz das finanças domésticas contribui para a busca por crédito”, completa Vartanian.