Clique no banner e vote na fera que te representa!
Clique no banner e vote na fera que te representa!

O canal para quem respira cliente.

Vai parcelar?

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
O número de consultas para vendas a prazo do banco de dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) teve um novo recuo de 4,36% em maio deste ano. É a quarta queda consecutiva na comparação com o mesmo mês do ano anterior. 
Na avaliação do presidente da CNDL, Honório Pinheiro, os recuos refletem a desaceleração da economia, com a inflação elevada e altas taxas de juros. “A piora no cenário econômico levou à restrição na oferta de crédito e fez cair a confiança do consumidor”, diz. “Isso diminui a disposição para o consumo de bens de maior valor, geralmente financiados pelos bancos ou pelo varejo”, explica.
Na comparação mensal, de maio 2015 sobre abril 2015, as consultas para vendas parceladas registraram alta de 4,43. Segundo a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, esse dado é esperado: “Todo mês de maio apresenta um número de consultas para vendas a prazo maior que em abril devido ao Dia das Mães, a segunda data comemorativa mais importante para o varejo depois do Natal.” 
A alta pontual de maio frente ao mês anterior não conseguiu mudar o recuo no acumulado do ano: nos primeiros cinco meses de 2015 as vendas parceladas apresentaram uma queda de 2,48%.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima