Viver sob pressão

0
1

São muitas as situações que um profissional em recuperação de crédito passa diariamente, não apenas no processo de cobrança, como nas atribulações que podem ocorrer no dia a dia no trabalho. O diretor executivo da Liderança Cobranças, Gustavo Roberto Antunes, afirma que a convivência no ambiente corporativo, com metas diárias, é o maior entre as dificuldades desse profissional. “Não que seja um desafio viver sob regime de metas, mas refiro-me à preparação do profissional ao convívio sob pressões de metas para atingir os objetivos”, explica. 
O executivo julga importante a valorização do profissional e a visibilidade de um plano de carreiras. “Além do reconhecimento, a empresa deve manter uma filosofia corporativa, levando credibilidade, transparência e seus valores aos profissionais que agregam à instituição e gestores que repassem seus conhecimentos e ministram diferencialmente a liderança estabelecendo objetivos para com os colaboradores”, afirma.
Antunes diz ainda que a gestão deve ser desenvolvida por gerentes, coordenadores, supervisores, líder de equipe, back office e monitores de qualidade. “Cada um deve se colocar à disposição para acompanhamento e desenvolvimento do profissional de cobrança tanto para a reciclagem e aprimoramento de negociações, como também na abordagem de negociações”, completa.
Apesar das diversas ferramentas disponíveis para realizar o processo de cobrança, como sms, cartas, boletos e etc., Antunes destaca que o profissional de cobrança é a chave para o sucesso na recuperação. “O aperfeiçoamento e capacitação do material humano se torna cada dia mais imperativo para o sucesso nos trabalhos de recuperação de créditos”, conclui. 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDICA: Livros para o DIA DAS MÃES
Próximo artigoEm defesa do cliente