73% das empresas no Brasil têm negócios orientados por dados, mas só 28% conseguem tratá-los de forma adequada

Explosão dos dados tem gerado desafios para as empresas, em relação à falta de conhecimento e ferramentas adequadas, dificuldades de integração e questões associadas à privacidade e segurança

Como as empresas têm lidado com a avalanche de dados gerada pela aceleração na transformação digital dos negócios e da sociedade? Para responder a essa questão, a Dell Technologies encomendou um estudo global, conduzido pela Forrester Consulting, batizado de Data Paradox (Paradoxo dos Dados).

Os resultados do levantamento apontam que a explosão no volume, velocidade e variedade de dados gerados, em vez de oferecer uma vantagem competitiva, tem criado um desafio para as organizações, por conta de uma combinação de barreiras: falta de conhecimento e ferramentas adequadas, dificuldade de integração (silos) e riscos associados à privacidade e segurança.

O estudo Data Paradox foi gerado a partir de uma pesquisa com mais de 4 mil diretores e tomadores de decisão em empresas de 45 países, incluindo do Brasil, realizada em maio de 2021. E os resultados apontam que, no mercado brasileiro, 73% dos executivos acreditam que os dados são essenciais para o negócio, mas apenas 28% conseguem tratar esses dados de forma adequada e transformá-los em informações relevantes para o negócio.

E 43% apontam que a pandemia ampliou significativamente a quantidade de dados que precisam ser coletados, armazenados e analisados pelas organizações.

Entre os paradoxos mapeados, o estudo mostra que, enquanto 76% das empresas no Brasil dizem que estão coletando dados em uma velocidade mais rápida do que conseguem analisá-los e utilizá-los, 74% dizem que, constantemente, precisam de mais dados do que aqueles disponíveis. O que pode ser o resultado de mais da metade (58%) das empresas no país afirmarem  que armazenam uma quantidade significativa de dados nos data centers próprios e não processam os dados na borda (edge), 38% das companhias terem os dados divididos em silos e não integrados em um mesmo ambiente e a maioria das organizações no país (71%) ressalta que a diretoria da organização não apoia de forma ostensiva o uso estratégico da análise de dados.

Leia os resultados globais completos aqui: https://delltechnologies.com/dataparadox