Marcas começam a migrar para Android, abandonando iOS

Anunciantes acreditam que podem precisar de um plano alternativo
Alguns profissionais de marketing temem que as mudanças nos identificadores móveis da Apple para anunciantes afugentem as marcas, o que significará custos mais altos, e estão transferindo partes de seus orçamentos de mídia do iOS para o Android. Nick King, da Canton Marketing Solutions, diz: “Os profissionais de marketing devem se perguntar se estão felizes com o primeiro relatório de campanha sem o IDFA da Apple” e podem precisar de um plano alternativo. Fonte: Digiday
NBCUniversal continua apostando alto em conteúdo comprável
Convergência de mídia e comércio está cada vez mais perto
O comportamento do consumidor mudou. Antes, o comportamento do consumidor era assíncrono, onde você podia ver um anúncio e ser inspirado a considerar ou experimentar uma nova marca. E então isso foi algo que ficou alojado em sua cabeça, e talvez você tenha agido de acordo com isso semanas ou meses depois, enquanto estava no shopping. Agora, qualquer tentativa de compra pode ser realizada imediatamente por meio de seu dispositivo móvel ou desktop enquanto assiste a um programa de TV. Quase um ano após adicionar um recurso de checkout direto à sua plataforma, a NBCUniversal está investindo ainda mais no espaço de comércio. Segundo um porta-voz da empresa, eles decidiram mergulhar em um território totalmente novo, que é o espaço do desenvolvedor de plataforma, fazendo sua própria versão de uma conferência de desenvolvedores. A ideia por trás do evento(será no dia 22 de março) é que se abrirem para construir para todos os parceiros . Isso obviamente inclui aqueles que estão no espaço publicitário – anunciantes, clientes, agências de publicidade, agências de criação, grupos de planejamento. Mas também nossos parceiros de tecnologia, medição e comércio. Trata-se de construir juntos, disse o porta-voz, de uma escala local a global, em tudo o que fazemos. O evento falará sobre conteúdo, mas depois vai se aprofundar nos  investimento em tecnologia e nas iniciativas de dados, medição e comércio. Fonte: eMarketer
Walmart + continua ganhando força
Programa  atraiu 7,4 milhões a 8,2 milhões de membros, ou 13% a 14% dos compradores do Walmart.com
O programa de fidelidade Walmart +, que é pago, lançado cinco meses atrás, já atraiu entre 7 e 8 milhões de compradores no Walmart.com, mostra um estudo da Consumer Intelligence Research Partners. O relatório revelou que cerca de um quarto das pessoas que pediram mantimentos online no Walmart.com eram membros do novo programa e que o varejista “continua a fazer um bom progresso no desenvolvimento de seus negócios online”, disse Josh Lowitz do CIRP. Cinco meses após o Walmart apresentar o Walmart +, o Amazon Prime parece fazer algum progresso, de acordo com um estudo. O Walmart + atraiu 7,4 milhões a 8,2 milhões de membros, ou 13% a 14% dos compradores do Walmart.com, no final de janeiro, de acordo com a Consumer Intelligence Research Partners em um estudo divulgado na quarta-feira. O analista do UBS Michael Lasser em setembro projetou que o Walmart + atrairia 10 milhões de membros no primeiro ano. Fonte: Forbes