“Nada pode x Tudo é possível”

0
3



Depois do Jurídico, a Informática sempre é vista como a “causadora” de entraves em uma empresa; os famosos comentários –

 

“Nada pode x Tudo é possível

 

permeia muitas discussões. Dizem nos corredores: “quer que um projeto ande devagar – chame a Informática, quer que ele pare – chame o jurídico” (rsrsrsrsrs).

 

Mas acredito que o problema esta no ponto de vista que temos sobre tecnologia e que contradiz do que queremos ou fazemos com a turma do micro.

 

Tecnologia deve atender a uma necessidade existente e nunca ao contrário.


Sempre a necessidade deve vir antes e ser atendida pela tecnologia!

 

 

 


O mundo a cada dia que passa, fica mais dependende da tecnologia;

 

Daquela que nos tras benefícios.


Sempre que tiver um projeto que envolva tecnologia em sua empresa, coloque o TI como suporte ao projeto, eles são indispensáveis no grupo de discussão, mas nunca como liderança!

 

Nada supera o conhecimento de cada função sobre

“o que precisa ser feito”

 

Não dá para treinar alguém de TI em Vendas e vice e versa, portanto

 

a função que necessita do benefício TEM que LIDERAR o projeto SEMPRE

 

De que adianta uma empresa comprar uma solução de CRM e depois convencer seus colaboradores que CRM é importante!

 

Sou do time do TUDO É POSSÌVEL e acredito que com projetos e expectativas bem definidas conseguimos sempre!

 

Sei que vou receber muitas críticas por esta opinião, principalmente da turma do TI

Caso você acredite que estou errado, mande sua opinião à respeito.

 

Tem um espaço aí embaixo, chamado “comentários” para seu uso, caso queira participar!

 

 

“O mundo é um mar de oportunidades, mas você precisa saber nadar”

Bom Final de semana!

 

@mfmazza

Consultor na Mazza Consultoria em Gestão Empresarial, Treinamentos e Capacitações. Autor dos livros "CRM Sucessos & Insucessos (2009) e Clientes & Empresas como Cães & Gatos (2012)".

1 COMENTÁRIO

  1. Mazza,
    bem colocada esta questão de quem deve liderar os trabalhos.
    �s vezes, Vendas precisa puxar o bonde, e outras o Marketing deve assumir o posto. O que não se pode fazer é chamar o especialista das áreas e depois fazer do jeito que se acha melhor, seja de TI, Jurídico, Produção, Finanças ou Comunicação, etc.

  2. Mazza, bom dia!
    O seu artigo é perfeito e muito pertinente com a realidades das empresas. Quase que diariamente presencio esta situação de “caça as bruxas”. Ao invés de se trabalhar em parceria entre as áreas, definindo é claro quem é o detentor da necessidade, elas são concorrentes entre si, acirrando uma disputa infantil e improdutiva.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior“nada pode x tudo é possível”
Próximo artigoUnilever incentiva sustentabilidade