3G já pode ser implantada no Brasil

0
2
Hoje, durante o painel de perspectivas para o SMP (Serviço Móvel Pessoal), realizado na 7a Rio Wireless International Conference, Hermano Pinto, Head Strategy & Business Development para a América Latina da Nokia Siemens Networks, defendeu a adoção imediata do padrão UMTS (Universal Mobile Telecommunication System) para os serviços de 3G (terceira geração) no país. Para ele, o sucesso global do UMTS e as condições atuais do mercado nacional de telecomunicações apóiam a idéia.
“Hoje já são 110 milhões de usuários de UMTS, em mais de 150 redes, em 70 países. Em apenas cinco anos, o UMTS será dominante no mundo, com 57% dos assinantes globais. É uma solução testada e aprovada em outros mercados e já temos a caminho a primeira onda de terminais de 3G de baixo custo, entre os mais de 400 modelos de terminais e PC cards. Com mais de 80 potenciais licenciamentos de UMTS em vista, é um mercado que não pára de crescer globalmente”.
Hermano acredita que “a tecnologia 3G pode ser uma opção mais barata para o desenvolvimento da banda larga no país. Também é uma oportunidade para aumentar a cobertura do sistema e chegar a municípios ainda não atendidos pelo atual SMP. Também é estimado um valor de US$ 2,6 bilhões em exportações de terminais”.