A autenticação da identidade em tempo real

0
0


Você consegue afirmar com certeza que todas as informações que possui de seus clientes são realmente verdadeiras? É uma questão de confiança. Quando sua empresa realiza negócios com consumidores pelos atuais canais de distribuição, Internet e telefone, por exemplo, acredita-se que cada um de seus clientes usará uma identificação válida.

Porém, todos sabem que com o desaparecimento das negociações realizadas com o cliente in loco, o negócio de sua empresa pode estar em risco. Então, como é possível resguardar-se se você não sabe exatamente quem é seu cliente? Felizmente existe uma resposta satisfatória para essa e outras perguntas que contribuem para que seus negócios cresçam com a segurança necessária, sem riscos.

Em questão de segundos já é possível saber exatamente quem são seus clientes. Uma combinação entre seus processos e informações de mercado protege a organização contra fraude de identidade. Não importa como seus clientes chegam até sua empresa, você pode confiar na informação.

O mercado brasileiro já tem acesso a sistemas de decisões completos, que podem ajudar sua empresa a verificar automaticamente a identidade de um consumidor por meio de uma validação da informação fornecida. Quando as respostas estão corretas, os dados também estarão. Isso pode ser feito com a criação de perguntas de múltipla escolha, em que o tipo de questão, números e seqüências serão determinados pelo uso de ferramentas analíticas que determinarão quais transações seguem um padrão fraudulento. Essas perguntas são criadas com base em um amplo universo de dados externos e internos da organização, desde a base interna de dados de seus clientes até informações de bureaus de crédito.

Uma vez que for confirmada a identidade de seus clientes, as transações poderão ser processadas de forma segura e instantânea. Para que essas transações sejam processadas com segurança e no tempo exato em que o consumidor moderno exige, a empresa de hoje necessita encontrar uma solução altamente flexível e que possa ser configurada rapidamente para completar um ou mais dos seguintes processos de autenticação de identidade:

– Validação de Informações dos Clientes: compara e cruza informações fornecidas pelos clientes com fontes seguras e confiáveis de informação para assegurar consistência e precisão;

– Identificação de Atividade Fraudulenta: usa técnicas analíticas avançadas e acessos a bases de prevenção à fraude para verificar informações de clientes e registrar padrões de furto de identidade;

– Confirmação de Identidade: fornece a clientes perguntas interativas de múltipla escolha baseadas em um conjunto extenso de dados específicos, avaliando as respostas dos clientes em segundos de maneira a determinar se ele satisfaz seus padrões de autenticação.

Assim, de formas simples e baratas, é possível incorporar nos negócios proteção contra fraude de identidade e processos de autenticação. O resultado para os negócios é segurança, retenção de clientes e dinamismo, fatores críticos para seguir obtendo o sucesso com seus negócios.

Marcelo Kekligian é vice-presidente de Sistemas de Decisão e Bancos da Equifax.