A essência da função diretiva

0
1



Em sua quinta obra, Guido Stein, professor da IESE Business School, aborda a diferença entre os feitos e a realidade na direção. Nas páginas de “Cambiar o no cambiar: esa es la gestión”, o autor trata de algumas incompetências entendidas como comportamentos observáveis e habituais que conduzem ou pelo menos induzem ao fracasso na função diretiva.

 

Diversos parágrafos são dedicados à divergência nociva entre o que um diretor pensa e o que suas ações proclamam na realidade, pois aí reside uma das principais fontes das frustações vividas nas empresas. “Conhecemos e, freqüentemente, praticamos estilos de direção que são corrosivos como o ácido, que arrancam da raíz a esperança e que anestesiam a integridade. Com isso, em vez de contruir, arrasamos”, explica Guido.

 

Neste livro, o autor ensina a encontrar o equilíbrio entre a renovação constante e a estabilidade necessária. Como argumenta Guido, à alta direção lhe convém desenvolver o hábito de “ficar cara a cara com a realidade”, uma realidade às vezez ambígua e, acima de tudo, repleta de sombras.

 

Ficha Técnica
Título: Cambiar o no cambiar: esa es la gestión
Autor: Guido Stein
Editora: Gestión 2000
Número de páginas: 116 páginas
Preço: R$ 37,51