A importância do Dia do Cliente

0
2

O mundo corporativista, nas últimas duas décadas, vem sofrendo profundas transformações com o advento da globalização. A indústria cresceu com a automação, o comércio e os serviços autônomos criaram novas modalidades para expandir suas atividades. A preocupação com estas mudanças está em oferecer cada vez mais solução de atendimento ao cliente. Por ser a razão da sobrevivência do mercado, o consultor de marketing João Carlos Boiczuk do Rego quer oficializar O Dia do Cliente, em 15 de Setembro, como um evento de âmbito nacional.

“É uma data que será importante dentro do calendário comercial. A exemplo das demais datas, o acontecimento irá movimentar a economia e ainda deve gerar oportunidades de negócios e empregos”, diz Rego. As datas comemorativas são importantes porque também inspiram campanhas promocionais, eventos artíticos e culturais, anúncios publicitários, viabilizam correspondências, folders, brindes e outras espécies de negócios.


Rego, que é o idealizado do Dia do Cliente, pretende com isso fixar uma data no calendário nacional. “Com isso, as empresas e os profissionais se qualificarão para se preparem, e fazer o melhor exercício de suas atividades. Tendo assim maiores possibilidades de sobreviver e ter sucesso no mercado”, acredita. Ele entende que o propósito da data está em promover uma ampla conscientização coletiva a respeito da importância da figura do Cliente.
Estatégicamente, a data de homenagens e agradecimentos ao cliente foi escolhida para ser no dia 15 de setembro, por não haver nada no calendário comercial. No Rio Grande do Sul já se transformou na Lei Estadual 11.950, assinada em 4 de setembro de 2003; e na cidade do interior de São Paulo, Santa Cruz do Rio Pardo, também passou pelo legislativo. Segundo Rego, há alguns projetos em andamento nos estados do Rio de Janeiro e Paraná, além da Câmara Municipal de Belém do Pará. “Dentro de alguns dias estará sendo apresentado no Congresso Nacional”, adianta.