Clique e visite a landing do Congresso ClienteSA 2022

O canal para quem respira cliente.

A vez é do cliente

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
O cliente, hoje em dia, é bombardeado todos os dias por uma infinidade de publicidade – em outdoors, televisão, rádios, redes sociais, abrigos de ônibus, panfletos, etc. Em consequência, muitas vezes, ele já não percebe as campanhas ao seu redor ou não se atrai por elas, por serem quase todas iguais e não lhe trazer nada de novo. Por conta disso, as empresa enfrentam o desafio de procurar por maneiras de fazer com que o consumidor se atente às suas ações e esta opção pode estar no live marketing.
Segundo Tony Coelho, diretor de criação e planejamento da Conceito Live Marketing e diretor regional da Ampro Rio, Associação de Marketing Promocional, o live marketing pode ser definido como uma atividade de comunicação que proporciona interlocução viva e direta entre as marcas e consumidores. A estratégia permite uma compreensão diferenciada de produtos, serviços, valores ou propósitos, ao estimular e provocar reações desejadas pela empresa por meio de experiência sensoriais. “É o marketing ao vivo, em tempo real”, adiciona.
Ele explica que o novo consumidor não quer ser passivo ante as ferramentas conhecidas, pois está vacinado e mesmo sem vontade de vê-las ou ouvi-las. Coelho ainda acrescenta que, hoje, o consumidor procura verdade, experiências factuais quanto às marcas e produtos. Quando uma ação permite interação, sensações, interferência e comunicação com a marca acaba, por fim, conquistando maior atenção. “Live marketing transforma o consumidor em ator fundamental das escolhas de compra.”
Se uma marca automotiva, por exemplo, deseja promover seu carro, mais do que apenas um comercial, ela pode oferecer um test drive aos clientes, para que eles realmente presenciem os pontos positivos que o automóvel possui – o que poderá, inclusive, aumentar a conversão de vendas. Outra ação efetiva é oferecer degustações de lanches e aperitivos. Justamente, por conta da ideia de que as campanhas podem ludibriar, os clientes desejam provar aquilo que a marca quer oferecer e comprovar suas verdades. “Ele quer vivenciar a marca em seus valores tangíveis. Somos importantes, porque estamos perto do consumidor, lhe dando voz e vez.”
Já as marcas contam com o benefício de alavancarem as vendas com tais estratégias, pois provando ao cliente que suas qualidades e vantagens são reais são maiores as chances desse em consumir. Sem contar o fato de se aproximar ainda mais do público e aumentar as possibilidade de conversão de fãs. “Quanto mais próximo do consumidor, quanto mais verdadeiro se é com ele, quanto mais se coloca na mão dele a decisão e a escolha, mostrando que ele é respeitado, ouvido e entendido, mais fidelidade se consegue dele”, declara o executivo. De acordo com ele, ao passar a investir em live marketing, a empresa atinge outro patamar com o público, pois irá marcá-lo de forma mais profunda com experiências pautadas em sensações. “O que a torna diferente é o fato de deixar de ser algo distante, para ser algo que faz parte da vida, que se encaixa nas necessidades reais ou emocionais, fazendo parte do dia a dia.”
Nos dias 27 e 28 de julho, a Ampro irá realizar, em São Paulo, o II Congresso Brasileiro de Live Marketing, na qual contará com quatro Comitês e dois painéis temáticos. No encerramento, ainda será realizado a edição do Ampro Globes Awards, em que serão homenageadas 43 campanhas de 18 agências para receberem os troféus de ouro, prata ou bronze.
Serviço
II Congresso Brasileiro de Live Marketing
Datas: 27 e 28 de julho de 2015
Horário: das 8h às 18h30
Local: Centro de Convenções Rebouças (Av. Rebouças, 600, São Paulo/SP)
Inscrições e informações: www.congressolivemarketing.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima