O canal para quem respira cliente.

Abecs avança em projeto de inclusão

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
A Abecs, Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços, lança duas soluções de acessibilidade para o sistema de cartões, que garantem mais autonomia e segurança para as pessoas com deficiência visual. As inovações foram desenvolvidas por um grupo de trabalho formado na associação, que reuniu as empresas de cartão, fabricantes dos terminais de pagamento e contou com a participação da Secretaria Especial de Direitos Humanos do Governo Federal e da Organização Nacional de Cegos do Brasil (ONCB).
Uma das soluções é o aplicativo Pay Voice, disponível para sistemas Android e iOS, que faz a leitura das informações da transação por meio da câmera do celular e as traduz em áudio para o usuário. Após o atendente da loja inserir o cartão e digitar o valor na máquina, o consumidor aciona o aplicativo em seu celular e aponta a câmera para a tela do terminal. Ao reconhecer os caracteres, o software gera um áudio referente ao valor digitado, para que o usuário possa se certificar que o dado está correto antes de digitar a senha. A ideia é que o aplicativo torne a transação mais confortável para o deficiente visual, que pode, inclusive, armazenar o histórico das últimas 50 transações.
A outra solução desenvolvida diz respeito aos terminais de pagamento com teclado “touchscreen”, que não possuem marcações de acessibilidade em alto-relevo. Após diversos estudos, foi criada uma película com identificação tátil para ser fixada na superfície desses terminais, permitindo ao deficiente visual o reconhecimento das teclas e a digitação segura da senha. As máquinas “touchscreen” que estão no mercado serão adaptadas e os novos terminais já serão fabricados com a solução integrada.
“Todo o setor uniu esforços nesse desenvolvimento, que incluiu pesquisas de campo e mais de dois anos de trabalho. E vamos continuar estudando melhorias e adaptações, buscando sempre o acesso seguro dos cidadãos aos meios de pagamento”, afirma Ricardo Vieira, diretor-executivo da Abecs.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima