Accenture apresenta pesquisa

0
1



De acordo com pesquisa realizada pela Accenture, mais da metade dos consumidores ingleses e americanos estão insatisfeitos com os frequentes problemas enfrentados quando se trata de aparelhos eletrônicos e dispositivos móveis. A pesquisa entrevistou dois mil consumidores nos Estados Unidos e Reino Unido com questões sobre a performance de aparelhos utilizados diariamente como, celular, TV, computador, câmera digital, GPS e eletrodomésticos.
 
Grande parte dos consumidores britânicos reclamam da durabilidade de seus aparelhos – 43% a 35%, em comparação com os EUA. Já os americanos, queixam-se de funcionalidades limitadas dos aparelhos – 18% contra 13% do Reino Unido. Dentre os entrevistados, 51% expressaram frustração com pelo menos um aparelho utilizado nos últimos seis meses. A principal reclamação, citada por 39% dos consumidores, está relacionada à qualidade dos aparelhos, que muitas vezes não respondem aos comandos e precisam ser reiniciados constantemente. O número cresce para 49% entre pessoas de 18 a 24 anos, o que indica menor tolerância entre o público jovem com dispositivos que não funcionam corretamente.
 
A pesquisa também abordou o uso de soluções inovadoras e alternativas para facilitar o dia-a-dia dos consumidores como, por exemplo, participação na automação de casas, controle do consumo de energia e transporte. Os entrevistados demonstraram interesse e receptividade com soluções de eficiência energética (73% manifestaram interesse), eletrodomésticos com aplicativos inteligentes – que realizam tarefas de maneira autônoma (66% apontam interesse) -, além de sensores para carros, com 63% de interesse manifestado.
 
“Os consumidores, cada vez mais, confiam nos dispositivos eletrônicos como aliados no gerenciamento de suas vidas. Daí a frustração quando estes falham ou não funcionam como o esperado”, afirma Jean-Laurent Poitou, diretor global da Accenture Embedded Software. “Ser cool não é mais suficiente. Os consumidores, em especial os mais jovens, buscam dispositivos simples, inteligentes e que tragam benefícios reais”.