Acesso fácil a todas as informações

0
0


Disponibilizar os documentos enviados por segurados, beneficiários e corretores de forma eletrônica aos analistas de sinistros de vida, além do gerenciamento das atividades e fluxo das informações. Essa era a missão da gedas, empresa de TI do grupo Volkswagen, quando implementou o software Documentum na Mapfre no Brasil.

Com mais de 10 milhões de clientes no Brasil, a seguradora precisava de uma empresa que customizasse o pacote do software e o implementasse na empresa. O Documentum, licenciado mundialmente pela matriz da Mapfre, é utilizado em suas diversas filiais e possibilita o gerenciamento, consulta eletrônica, workflow das tarefas e análise dos documentos por diferentes profissionais da empresa, sendo introduzido primeiramente no setor de análise de sinistros de vida.

Moira Coromoto Romero Ramos, diretora da área de tecnologia e processos da Mapfre, lembra que o desafio da gedas era implantar o Documentum num período de cinco meses, incluindo os processos de sugestão de metodologia, viabilização de infra-estrutura, desenvolvimento do processo de digitalização, customização do software, homologação, treinamento e implantação. “Ficamos satisfeitos já que a gedas cumpriu à risca no prazo estipulado, e com menores custos quando comparada às concorrentes”, explica Moira Romero. Dentre os benefícios destacados pelo analista após a implantação do software estão a agilidade no serviço de análise, segurança das informações e racionalização da produtividade.

A diretora ressalta que o primeiro passo foi permitir a digitalização dos documentos, antes manuseados em papel, e agora analisados simultaneamente por diversos profissionais em seu desktop. Com o Documentum, os pedidos de sinistro enviados por beneficiários e segurados da Mapfre são analisados por diversos profissionais especializados da seguradora via computador. Esses têm à disposição todo o processo na tela e informações sobre o seu status, como o horário de envio, quem já trabalhou no processo e quanto tempo foi gasto na análise. “Para o cliente, a vantagem é a menor espera na liberação da sua indenização”, finaliza a diretora da Mapfre.