Agência ou aplicativo?

0
7
Os brasileiros ainda enfrentam agências bancárias para realizar tarefas que facilmente poderiam ser solucionadas sem burocracia pela internet ou telefone, revela pesquisa da Ipsos, feita a pedido do Nubank, com mil pessoas. Segundo o estudo, feito em todas as regiões do país, três em cada cinco brasileiros afirmam que ainda vão até uma agência bancária para pagar contas. Já metade dos entrevistados pela sondagem admite que vai ao banco para resolver problemas.
Esse comportamento na maior parte dos casos independe da faixa etária. Segundo a sondagem, 50% das pessoas de 18 a 34 anos conta que, nos últimos 30 dias, foram a uma agência para solucionar problemas. Entre os entrevistados com idade de 45 a 50 anos, a proporção é de 65%. “Em um país onde 40% dos municípios não têm agência bancária, a necessidade de ter que encontrar o gerente da conta pessoalmente para resolver questões simples é um transtorno para as pessoas e um obstáculo à bancarização”, diz Vitor Olivier, vice-presidente de consumo do Nubank.
De acordo com o levantamento, mais da metade dos entrevistados decidiu ter uma conta digital pela facilidade e rapidez para abertura da conta ou por que é possível resolver tudo pelo aplicativo. Para 44% das pessoas, não ter que ir a um banco é um motivo para ter uma conta digital. Esse número é de 85% entre os moradores da região Norte do país, onde 42% das cidades não têm agências bancárias, segundo dados do Banco Central. Além disso, metade dos brasileiros ouvidos pela Ipsos apontam a ausência de taxas de manutenção ou as taxas mais baratas como um benefício das contas digitais.