O canal para quem respira cliente.

Agilidade na tomada de decisões

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin



Em questão de dois anos, a Droga Raia aumentou de 150 para 259 o número de lojas distribuídas pelas principais capitais da região sudeste do País. O faturamento da rede de farmácias também saltou de R$ 721 milhões, em 2006, para R$ 1,18 bilhão em 2008. Com isso, em proporção semelhante, cresceu o volume de dados gerados e, portanto, a serem administrados pela empresa, que possui atualmente mais de 30 mil produtos e mais de 3 milhões de clientes ativos armazenados no banco de dados.

 

Para conseguir gerir todo esse volume de informações – são mais de 13 TB armazenados no data warehouse – e utilizá-las estrategicamente, a rede farmacêutica implementou um sistema de business intelligence (BI) para retornar respostas rápidas e análises complexas das informações. “Optamos pelo SAP BusinessObjects devido à sua maior flexibilidade e capacidade de adaptação para atender às demandas específicas do nosso setor”, conta Giovani Profili, diretor de Tecnologia da Informação da Droga Raia.

 

“O preparo de informações consumiu muito tempo do projeto”, revela Profili, destacando serem a qualidade dos dados e o estabelecimento de requisitos fatores-chave para o sucesso de uma implantação de BI. “Planejamos a implementação a partir dos indicadores, variáveis e relatórios de cada cliente interno, e não pelos processos, como é comum vermos no mercado”, afirma. Segundo Profili, nesta fase, cerca de 30% dos relatórios foram extintos.

 

Ganhos – Profili afirmou que o retorno do investimento se deu em menos de um ano. “O go-live ocorreu em setembro de 2008, mas desde janeiro de 2008 já começamos a colher frutos do sistema”, revela. Segundo o executivo, quando constata que algum produto está com margem de lucro fora do especificado, a solução emite alertas aos profissionais de vendas imediatamente. “Isso nos permite realizar promoções estratégicas ou exclusivas a determinados clientes”, afirma.

 

Entre os ganhos enumerados pelo executivo também está a velocidade com que os relatórios passaram a ser gerados. Segundo ele, relatórios que levavam entre sete e dez horas para serem gerados agora são obtidos em, no máximo, três minutos. “E as informações são muito mais precisas, confiáveis e em linha com as necessidades da gestão”, acrescenta.

 

“Hoje já é possível trabalhar sobre dados de vendas do dia anterior”, celebra Profili, acrescentando que a empresa ganhou a capacidade de atuar com muito mais proatividade em relação aos produtos em cada loja. “Além disso, conseguimos associar a oferta de produtos (iguais ou diferentes) com uma margem de lucro mais adequada para o negócio”, conclui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agilidade na tomada de decisões

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin



A Oracle anunciou a disponibilidade do Oracle Business Intelligence Release 7.9.6, soluções pré-construídas para aplicativos Oracle e de terceiros para que as organizações possam tomar decisões práticas e embasadas do modo pró-ativo. Esta versão foi desenvolvida com base em uma suíte dos atuais aplicativos Oracle BI que abrangem processos de CRM, ERP e outros específicos para diversos setores da economia.

 

Componente do Oracle Fusion Middleware, o Oracle BI Release 7.9.6 apresenta dois novos aplicativos – Project Analytics e Loyalty Analytics – com suporte certificado para o JD Edwards EnterpriseOne da Oracle e recursos substancialmente aprimorados para as versões atuais dos programas de BI do Oracle E-Business Suite, PeopleSoft Enterprise e Siebel CRM da Oracle.

 

“A última versão dos aplicativos Oracle BI consiste em um novo patamar de soluções pré-construídas de inteligência para que as organizações gerenciem e operem com percepção mais detalhada com mais clareza”, afirma Paul Rodwick, vice-presidente de Gerenciamento de Produtos Oracle Business Intelligence. “Com os novos recursos e aprimoramentos oferecidos pelos aplicativos Oracle BI, as empresas estarão munidas com as informações necessárias para melhorar o fluxo de caixa, aumentar a receita e a lucratividade, controlar gastos e maximizar a eficiência em toda a organização”, completa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agilidade na tomada de decisões

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin


A Garopaba Construtora, empresa que atua no mercado de construção civil na cidade de Campinas e região, fechou contrato com a RM Sistemas Campinas, unidade regional da Totvs, para adoção da ferramenta Corpore RM Projetos. Larissa Dias, diretora administrativa da Garopaba Construtora, diz que a empresa contratou o sistema pois pretende sustentar o crescimento dos negócios com informações que proporcionem mais agilidade e confiabilidade na tomada de decisões. A implantação do sistema na Garopaba vai beneficiar as áreas de engenharia, suprimentos, contas a receber, financeiro, controle de contratos, faturamento e contabilidade. “Com a melhoria dessas áreas, a empresa como um todo vai se beneficiar, tornando mais eficaz o controle gerencial”, destaca Larissa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima