Agora é a vez de BH

0
17
Boas ações sempre acontecem, porém, muitas acabam varridas para debaixo do tapete, sobrando apenas os exemplos negativos. Por isso, destacar as boas atitudes acaba sendo positivo não somente para as empresas, mas como para todo o mercado, afinal os bons exemplos devem ser replicados. E é justamente esse o objetivo do ElogieAki, evidenciar as melhores práticas. Depois de passar por Porto Alegre e Curitiba, o Road show chega, em 8 de abril, a Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, para propor mais algumas reflexões. O evento contará com a palestra de Claudia Pires, diretora do SIM 24 Horas do Grupo BB E Mapfre, e Angela Ferreira, diretora de relacionamento com os clientes da Univoz Consultoria e Treinamento.
“Este evento é muito importante ao mercado de consumo, pois dissemina as boas práticas e, acima de tudo, reforça a existência de excelentes atendimentos, profissionais e empresas”, destaca Claudia. Outro ponto importante do ElogieAki, na opinião de Angela Ferreira, é que tem por premissa respeitar o consumidor e compreender que ele é uma pessoa que percebe, analisa, questiona e tem o poder da escolha a tudo que lhe é oferecido. “Ainda no âmbito do poder do consumidor, ele avalia e compartilha sua opinião. É neste momento que anunciamos ao mercado que os consumidores tem, no Elogieaki, uma ferramenta para dividir positivamente suas experiências”, comenta Angela.
O elogio pode ser um termômetro da gestão. Algo levado em conta, às vezes, até mais do que as críticas. “Em um cenário de concorrência cada vez mais presente, as direcionam seus esforços na conquista de novos clientes e retenção. Neste cenário, aquela que respeitar a voz do consumidor e se dedicar para uma análise sensível às manifestações positivas, identificará fatores reais de lealdade do consumidor. Embora as regras de negócios sejam decididas com base em diversos indicadores, sem dúvida nenhuma o elogio pode e deve ser um deles”, destaca a diretora da Univoz. Claudia segue o mesmo raciocínio e acredita que o elogio é estratégico para os negócios. “Esse fator é ótimo para garantir o desempenho das pessoas. O Índice de Positividade é bom se os colaboradores tiverem, no mínimo, 3 experiências ou afirmações positivas para 1 negativa e, no máximo, 11 experiências ou afirmações positivas para 1 negativa”, explica a executiva do BB e Mapfre.
Além disso, o elogio pode contribuir na construção do capital psicológico dentro da instituição. “Melhora a saúde, a motivação, o comprometimento e, consequentemente, o desempenho dos envolvidos, já que uma pessoa elogiada busca experimentar mais vezes deste sentimento agradável”, salienta Claudia.
Serviço

Road show ElogieAki – Belo Horizonte
Data: 8 de abril
Local: Liberty Palace Hotel – Rua Paraíba, 1465 – Savassi, Belo Horizonte – MG 
Informações pelo e-mail [email protected] ou no telefone (11) 3393-3000
Inscrições no site eventos.clientesa.com.br/elogieaki/2014.
E em sua opinião, qual a principal vantagem em receber um elogio? Deixe sua opinião na enquete do portal ClienteSA.com.br