Airlines teve perda líquida de U$ 17 milhões

0
0

A Continental Airlines divulgou hoje uma perda líquida de U$ 17 milhões no segundo trimestre do ano (menos U$ 0.26 por ação), o que inclui o pagamento especial de U$ 19 milhões para a ´aposentadoria´ da aeronave MD-80 – esse valor, acrescido das taxas fiscais, subiu para U$ 30 milhões. Excluindo este valor, a Continental registrou lucro líquido de U$ 2 milhões no segundo trimestre do ano, o que corresponde às expectativas da empresa.

O baixo número de vôos domésticos, causado principalmente pela oferta de vôos mais baratos pela concorrência e o alto preço do combustível, continuam afetando a saúde financeira da Continental. O preço do barril de óleo, no Texas, subiu para U$ 42,33 em junho e desde então continua subindo.

É vontade da Continental divulgar todos os impostos e taxas pagos às entidades governamentais. Só no primeiro semestre do ano, o valor pago foi de U$ 509 milhões. A Associação de Transportes Aéreos dos E.U.A estima que em 2004, o valor pago pelas empresas de aviação norte-americanas esteja em torno de U$ 14 bilhões. No mesmo período, a expectativa é que a indústria tenha um prejuízo de aproximadamente U$ 3 bilhões.